Mãe Gaia

sábado, 12 de junho de 2010

centro_historico_sao_luiz_ararinha_fechada

O texto original você encontra aqui

Salve, salve ó Mãe Gaia

que nos deu o Maranhão para repousar!

Que nos lava com tua doce chuva

onde eu não canso de me molhar.

Quero me enxugar nas lindas folhas onde canta o sabiá,

poder dançar na areia onde o tambor não para de tocar,

sonhar, cantar e dançar ao som do reggae do meu Mará*!
Ó Deus, eu só te peço para que nunca deixes a morena parar de pungar
para que eu possa me deslumbrar no rebolado dela ao som do boi bumbá,
sem esquecer do lindo cacuariá que é de contagiar.
Que eu possa levantar poeira até o último som do baião tocar

para eu dormir e acordar

com o matracar da linda cultura de São Luís do Mará!

*Mará – Maranhão

 

Visite a minha coluna – Ilusão de um Verso

Visite nosso Portal “Arte & Cultura”

0 comentários:

S.C Arte&Cultura

Fases...

Fases...
ora sou menino,ora adulto,músico,desenhista,poeta,escritor,louco,insano e desproporcionado,mas a verdade disso tudo é que vivo apaixonado!

Site de Arte&Cultura

Poetas

Poetas
Todo poeta precisa de inspiração,e não vive sem uma "MUSA",pois poetas vivem apaixonados e compõem em meio a surtos de amor e devaneios...

Blog Archive