Eu e Você…Um único ser!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

3074540496ecc9efeb66

 

Não consigo mais dormir
Sua voz é emitida a cada instante
Dentro da minha cabeça

Você é minha droga ilícita
Sou um paciente com estado grave
A beira de uma overdose de amor

Não consigo mais viver
Sem olhar nos seus olhos
Beijar tua boca me faz bem
E a troca de sorrisos
Faz meu ar ficar mais puro

Eu sei que no calor dos meus braços
Você se sente segura
A cada dia a gente envelhece
Mas o que queima mesmo
È aquele amor a primeira vista

Somos micro partículas agarrados
Um ao outro dentro de um átomo
Somos o romance de Shakespeare
E a paranoia de Freud

Você é aquela velha bossa de tom
Você é meu samba nacional
Ô meu anjo deixa nosso amor rolar
Para que quando velhinhos possamos tomar chá
Lembrando da nossa vida
Que foi a verdadeira arte de amar.

(Rafael Cajado)

1 comentários:

Dani Sgorlon disse...

Lindo isso!!
Simplesmente apaixonado e sincero demais...

"Você é aquela velha bossa de tom
Você é meu samba nacional..."

Lindo demais!!
Parabéns pelas letras lindas...
Amei seu espaço, Rafa...
beijos

S.C Arte&Cultura

Fases...

Fases...
ora sou menino,ora adulto,músico,desenhista,poeta,escritor,louco,insano e desproporcionado,mas a verdade disso tudo é que vivo apaixonado!

Site de Arte&Cultura

Poetas

Poetas
Todo poeta precisa de inspiração,e não vive sem uma "MUSA",pois poetas vivem apaixonados e compõem em meio a surtos de amor e devaneios...

Blog Archive